Perdida!

Bem, concluindo a divulgação deste mês de setembro, dos livros que consegui ler, vou comentar sobre “Perdida” da Carina Rissi.

Ganhei este livro no final do ano passado e estava esperando uma brechinha para colocá-lo em meu rol de leituras, e este mês surgiu a oportunidade. 

download (1)

Carina é um dos destaques da literatura nacional contemporânea e este livro foi um dos responsáveis a elevá-la a este status. Com mérito, devo dizer-lhes, pois trata-se de uma história interessante, com conflitos bem colocados e um enredo suave, que me fizeram, muitas vezes, rir das confusões que a protagonista Sofia causa, ao conviver com pessoas da aristocracia brasileira do século XIX, exaltando seu jeito bem “descontraído” de garota do século XXI, liberal e cheia de manias. Sim, pois a mocinha viaja no tempo, em uma situação inusitada, cerca de 200 anos no passado.

Sinopse

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos… “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.

Como vocês puderam perceber na sinopse, um lindo e galante senhor Clarke entra na jogada e faz com que Sofia passe a vivenciar reações em seu corpo até então desconhecidas e aí a história esquenta.

Vale muito a pena o livro, pois Carina escreve bem e faz o enredo ser muito interessante, e por falar em enredo, esta história que tem continuidade na sequência “Encontrada”, deve virar filme em breve.

Estou ansiosa para ver a história sendo retratada na sétima arte.

Carina Rissi é uma leitora voraz, sempre lê a última página de um livro antes de download (2)comprá-lo e tem um fascínio inexplicável pelo tema “amores impossíveis”. Vê nas obras de Jane Austen uma fonte de inspiração. Quando se desgruda dos livros – tanto dos que lê quanto dos que escreve –, Carina se diverte assistindo a comédias românticas ao lado da família e planejando viagens a lugares exóticos que não conhecerá tão cedo, devido ao seu pavor de avião.  Ela nasceu em Ariranha, interior de São Paulo, onde mora atualmente com o marido e a filha, após ter vivido uma curta temporada na capital paulista.
Espero que tenham gostado de minha opinião sobre estas preciosidades de nossa literatura e em breve farei novas postagens.
Beijos e ótima semana! 

Anúncios

Romances de fazer suspirar!

Não há deleite maior para uma romancista, do que encontrar um bom romance para ler.

Foi o que me aconteceu ao colocar “A segunda vez que te amei”, da talentosa Leila Rego, na minha lista da Maratona Setembro Nacional.

download

Sinopse

“André e Juli pareciam ter nascido um para o outro. Depois de seis anos de casamento, e sendo também sócios no restaurante, as coisas, porém, já não eram o conto de fadas do início. Na verdade, sentiam que estavam vivendo mesmo o lado mais sombrio da sua história.
Raquel e Alberto tinham a vida perfeita: empregos glamourosos com rendimentos que permitiam um alto padrão de vida, um filho carinhoso e saudável, o apartamento dos sonhos, férias sempre inesquecíveis… porém, um fato inusitado faria com que aquele castelo estivesse prestes a ruir.
A vida, no entanto, traça caminhos inesperados. E o que parecia não ter saída de repente se transforma em uma encruzilhada, na qual André, Juli, Raquel e Alberto podem se encontrar e agarrar a nova chance para a felicidade, trazendo para suas vidas mais amor, paixão, emoção e companheirismo, e assim conseguir viver como sempre sonharam. Inclusive com final feliz!”

Conforme vocês leram pela Sinopse, o livro conta a história de Andre que é casado com Juli e de Raquel que é casada com Alberto. Em meio as crises que a rotina causa e situações inusitadas da vida, Leila soube construir oportunidades para os personagens mudarem seus caminhos, fugindo do clichê e me estimulando com sua narrativa sensível, trazendo a tona personagens carinhosos, íntegros e especiais, do jeitinho que eu gosto, tanto que devorei o livro em poucos dias, ou melhor, pouquíssimas noites.

A narrativa é em terceira pessoa, mas a autora separa os capítulos pelo ponto de vista de cada personagem, o que estimula o fluir da leitura.

Vale a pena vivenciar este romance, permeado por conflitos atuais, e carregado de quero mais. 

Fica a dica!

LEILA REGO nasceu em Cafelândia, no Paraná. Ainda bem pequena, mudou-se com a família para Alta Floresta (MT), onde não havia sequer energia elétrica. Sem televisão, “no meio do nada”, sua infância foi repleta de histórias, livros e brincadeiras. Seu desejo de viajar e conhecer outras culturas a fez optar pela faculdade de Turismo, que cursou em Foz do Iguaçu (PR). Logo no início dos anos 2000, mudou-se pdownload (1)ara São Paulo e trabalhou por diversos anos na área de recursos humanos. Seu incontestável talento para a escrita reencontrou as inúmeras histórias que povoaram desde sempre sua imaginação, e, em 2009, iniciou sua carreira de escritora com um livro independente. Em 2012, publicou Amigas imperfeitas e, em 2013, A segunda vez que te amei, ambos pela Gutenberg. Atualmente, mora em Vinhedo (SP), com o marido e os dois filhos, onde segue escrevendo as deliciosas histórias que adoramos ler.

Maratona Setembro Nacional

Querido visitante, desta vez vou divulgar um pouquinho do meu rol de leituras que pretendo concluir neste mês de setembro.

Como estou trabalhando intensamente na minha nova obra, não tem me sobrado muito tempo para as publicações e leituras, mas como sou também uma leitora voraz, não resisti ao desafio proposto pelo grupo do facebook  “Maratona Setembro Nacional.”

Nos próximos dias postarei as resenhas de cada um, visto que já concluí dois e  já vou adiantando que foram ótimas leituras. A literatura nacional  está em pleno crescimento, tanto em qualidade de escrita quanto na diversidade de temas.

Espero que gostem e que também se animem para pegar um livrinho e viajar por histórias emocionantes.

Tenham uma excelente semana!

Beijókas!!!

IMG_6610

 

Minhas leituras: “Helena” de Machado de Assis

Queridos visitantes!

Hoje vou inverter minha posição, desta vez contarei um pouco de minhas últimas leituras, que por sinal foram fantásticas.

Coincidência ou não, todas elas foram livros de época. O que divergiram um pouco dos anteriores, os quais se passavam nos dias atuais. Mas agora falaremos destes.

Começando com Helena de Machado de Assis…ahhhhhhh….deu pra perceber meu suspiro. Presente de uma sobrinha muito querida, este livro prendeu-me num primeiro momento só pelo nome…claro…, mas muito além disso, ambientado no século XIX, época de vivência do autor, ele nos traz a magia e a dureza de se viver numa época em que os preconceitos e rigidez da sociedade tornam uma história de amor impossível ainda mais improvável.

Com uma linguagem poética, típica de Machado, a doçura e o carinho com que o relacionamento de Helena e Estácio se desenrola nos prende do começo ao fim.

Um dos pontos que me chamou a atenção foi a forma do autor criar uma personagem feminina tão forte, intensa e ao mesmo tempo sensível numa época em que a mulher era vista como um ser secundário. 

É uma linda história de amor!

Imperdível para quem curte um bom romance e excelente oportunidade de conhecer a escrita de Machado, um de nossos melhores escritores. 

Recomendo, recomendo e recomendo.

Além do que, esta publicação nos brinda com um relato do Rio de Janeiro, por volta do ano de 1850, abordando os costumes do povo, a sociedade, a cultura, os lugares, a economia e o clima, fazendo-nos viajar através do tempo…

Nos próximos posts apresentarei os outros como dicas de leitura. Não é sempre que faço isso, mas não posso deixar de divulgar boas obras para meus leitores.

Tenham uma ótima semana!

Beijos,

IMG_3985